terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Carnaval sem sátira, sem gajas nuas e quase sem minis

No post de domingo acerca do desfile de carnaval lamentei a ausência de sátira e de gajas nuas. Hoje congratulo-me com uma quase ausência. As “minis”. Felizmente foram poucos os “foliões” que desfilavam de cerveja na mão. Excluindo os condutores de dois carros alegóricos e uma senhora já com idade para ter juízo mesmo no carnaval, não eram muitos os que se faziam acompanhar de um apetrecho que, naquelas circunstâncias, não fica nada bem. Até porque se o esforço despendido exige a ingestão de líquidos, de certeza que uma bejeca não é a bebida mais apropriada.

7 comentários:

  1. Parabéns a todos os que participaram neste carnaval. temos que respeitar a opinião do juri, mas havia carro bem mais bonitos e trabalhosos que o vencedor. Assim, arranjam que cada ano que passa vão sendo menos carros.

    ResponderEliminar
  2. meu caro vosse não sabe o tempo que demorou a fazer o carro que ganhou sabe quantas flores tinha o carro e o tempo que demoram a fazer? E o cavalo e o boneco, meu caro eles comecaram a trabalhar apos a passagem de ano até agora. Agora pergunto á algum grupo que trabalhe mais tempo que eles?
    Meu caro tente inteirar-se das coisas antes de falar.
    Parabens a todos e espero que para o ano sejam mais.
    E que os criticos não venham só para os blogs e café dizer mal, que para o proximo ano se juntem aos que desfilaram tentando fazer melhor.

    ResponderEliminar
  3. Carnaval sem pinga nem é Carnaval!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  4. Esse exemplar canino está mascarado de quê?

    ResponderEliminar
  5. Ha quem critique sem saber ou ter ideia do trabalho que dá fazer um carro alegorico. o carnaval nao começa 15 dias antes, nos começamos a seguir ao ano novo por isso tivemos a recompença, ganhamos o que havia para ganhar para o ano la estamos ainda mais perfeitos esperem para ver. aos criticos deixo uma msg, em vez de criticarem ajudem o carnaval de Estremoz. Nos fazemos por isso.sao muitas noites e dias perdidos em prologo de uma causa (carnaval).

    ResponderEliminar
  6. João Cavaco7:49 da tarde

    Ao anónimo que está a criticar a decisao do juri, tem todo o direito de o fazer. Mas se todos tivessemos o mesmo pensamento(negativo) nada se fazia. Em vez de criticarem saltem para o recinto e mostrem do que são capaz. Criticar é muito facil????????

    ResponderEliminar
  7. é pah!! desconhecia que por esses lados o carnaval era vivido tão fanaticamente...

    ResponderEliminar