sábado, 18 de outubro de 2008

A despesa tornou-se, finalmente, pública.

Em nome da transparência, legislação recente obriga as entidades públicas a publicar na internet todos os contratos de fornecimento de bens, aquisição de serviços, ou outros que sejam celebrados por ajuste directo.

Graças a esta medida ficamos a saber de que forma o dinheiro dos portugueses é gasto. Não sei se isso nos tornará mais felizes, até porque, como muitas vezes digo, o excesso de informação é quase tão prejudicial como a falta dela. Saúde-se, no entanto, a imposição desta obrigatoriedade que nos ajudará perceber o que os responsáveis fazem com o dinheiro dos contribuintes/eleitores.

Aleatoriamente e sem qualquer critério que questione, nomeadamente, a bondade ou não das opções que levaram à realização da despesa, escolhi este exemplos:

Câmara Municipal da Maia – Prestação de serviços de colocação de outdoors e produção de imagens em vinil e lona para a campanha “Não às portagens” – 18.934.50€;

Câmara Municipal de Alandroal - Aluguer de toiros para a Corrida a realizar no dia 27/09/2008 - 10.000,00 €;

Câmara Municipal de Alandroal - Prestação de Serviços do Cavaleiro Tauromáquico João Salgueiro - 14.000,00 €;

Câmara Municipal de Alandroal - Aluguer de 6 toiros de lide para a Corrida de Toiros da Juventude - 9.900,00 €;

Câmara Municipal de Alandroal - Aquisição de serviços para apresentação de um espectáculo com “Anjos” - 18.000,00 €;

Câmara Municipal de Alijó - Aquisição de perdizes - 415,00 €;

Câmara Municipal de Castelo de Paiva - Aluguer de 37 autocarros – Passeio anual de idosos 2008 - 14.623,81 €;

Câmara Municipal de Peso da Régua - Aquisição de Serviços de Transporte para Passeio Sénior 2008” - 17.960,00 €;

Câmara Municipal de Portimão - Prestação de serviços de refeições para seniores do Concelho participantes na Comemoração do “Dia Internacional da Pessoa Idosa – 2008” - 42.504,00 €;

Câmara Municipal Vila Franca Xira - Aquisição de aulas de yoga para a época 2008/2009 - 6.075,00 €;

Desenvolvimento Turístico da Costa do Estoril, E.M. - Parecer Jurídico - 12.000,00 €;

Direcção Regional de Organização e Administração Pública - Spot televisivo de apelo ao voto antecipado de estudantes - 14.600,00 €;

Direcção-Geral das Artes - Serviço de catering para 1 cocktail de inauguração - 7.760,00€;

Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa - Fornecimento de 9072 rolos de papel higiénico folha dupla tipo jumbo, para utilização interna dos Serviços da Faculdade - 5.806,08 €;

Município de Paredes - Fornecimento de Uma Escultura alusiva aos Direitos Humanos e Prémio Nobel da Paz - 25.000,00 €;

Rádio e Televisão de Portugal SA - Limpeza de Guarda-roupa - 12.384,15 €;

Serviços de Acção Social do Instituto Politécnico de Leiria - Prestação de serviços para as especialidades de Ginecologia/Obstetrícia - 15.401,88€.

4 comentários:

  1. E da Câmara de Estremoz, não havia nada... nem umas representaçõezitas dos eleitos e assessores? HUUUUUUM....

    ResponderEliminar
  2. Onde é que se pode consultar essa lista?

    ResponderEliminar
  3. Esta informação está disponível em http://www.base.gov.pt/_layouts/ccp/AjusteDirecto/List.aspx

    ResponderEliminar
  4. Duas Karas10:34 da manhã

    Mais uma vez põe o dedo na ferida...Os politicos fizeram a lei que agora se vai voltar contra eles...Ponha um link do site no seu blog que aumenta as visitas...Não seja indiscreto em relação a Estremoz...ok?

    ResponderEliminar