domingo, 22 de novembro de 2009

Felizmente há comando

Programas televisivos com putos a cantar ou a exibir outras habilidades até altas horas da noite constituem de há um tempo para cá o novo filão, explorado de forma mais que abusiva, pelos canais generalistas nacionais para preencher a emissão durante os os serões de fim-de-semana. Para além de não se perceber a quem pode interessar este tipo de programação - para além de familiares, vizinhos e amigos dos protagonistas – e sendo o tempo em televisão algo bastante caro, constitui um verdadeiro mistério a razão porque tais programas se mantém em antena durante meses seguidos.
Desconheço se estas macacadas terão ou não uma audiência significativa ou se haverá gente com paciência para ver este tipo de programação deprimente durante horas a fio. Se houver, então, não há mesmo esperança. Estamos perdidos. Felizmente existe uma coisa chamada “comando”.

5 comentários:

  1. Segundo li, mais de meio milhão de telespectadores

    ResponderEliminar
  2. Grave são as espectativas que se criam na cabeça dessas crianças e adolescentes...pensam que serão grandes estrelas!São apenas marionetas , manipuladas , usadas e esquecidas...gozam de alguns minutos de glória e são felizes assim, deitando tarde, faltando ás aulas e os pais aplaudem orgulhosos as actuações dos seus rouxinóis!

    ResponderEliminar
  3. e tem repetição no fim de semana a tarde...

    ResponderEliminar
  4. O bom disto é que eu não vejo estes programas, porque sou dorminhoca e tou habituada a deitar-me cedo.
    Todos os programas bons dão super tarde, e depois com intervalos longos, repetitivos, enfadonhos e maçadores!
    As nossas TV's têm de fazer novas grelhas e com horários mais dignos
    MFCC

    ResponderEliminar