terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Esperança comovente...ou patética.

É comovente - ou patética, conforme o ponto de vista - a esperança que largos milhões de pessoas, desde o analista político mais esclarecido até ao homem da rua mais ignorante, depositam na presidência de Barack Obama que hoje se inicia. Parecem acreditar que um novo e maravilhoso mundo está agora a nascer onde, de ora em diante, tudo será maravilhosamente belo. Não é difícil achar na internet textos nesse sentido nem encontrar alguém que o afirme cheio de convicção.

Obviamente não será assim. Alguma coisa mudará com certeza nos States mas, quanto ao resto do mundo, as diferenças não serão muitas. Até porque, e isso deve ter posto os cabelos em pé a muitos dos seus apoiantes europeus, o agora novo Presidente já garantiu que a segurança da América e dos americanos constituirá sempre a sua primeira prioridade. Com tudo o que isso significa.

3 comentários:

  1. Como se não basta-se tudo isso, ainda temos que levar com aquele louco que hasteou uma Bandeira norte-americana na Junta de Freguesia da Casa Branca, Sousel, para conseguir 5 minutos de protagonismo, ao que isto chegou, País de gente louca

    ResponderEliminar
  2. Será que alguém tem duvidas que : primeiro a América, depois América e depois talvez os outros !

    ResponderEliminar
  3. gajo do castelo12:53 da manhã

    É óbvio que grandes mudanças estão fora de hipótese, pois o sistema oligárquico não o permite, mas pequenas coisas como Quioto podem vir a ser muito importantes. Eu tenho esperanças nessas pequenas coisas

    ResponderEliminar