sábado, 15 de outubro de 2011

Diz umas piadas giras, o gajo.

Estou a contorcer-me de riso e já me começam a doer a barriga e os queixos de tanto rir. O motivo para esta incontrolável risota são as declarações, que acabo de ouvir, proferidas pelo primeiro-ministro durante um encontro de autarcas social-democratas, em que o homem agradeceu o esforço dos eleitos locais na disciplina financeira que estes estão a implementar nas autarquias. Enalteceu mesmo a sua actuação, salientando inclusivamente que começaram a tomar medidas nesse sentido ainda antes do Estado central o fazer. Um exemplo a seguir, considerou.
Não sei se PC falava a sério ou não. Se era a sério o melhor que tem a fazer, antes que a coisa se agrave, é falar já com o ministro da saúde e tentar arranjar uma consulta com a máxima urgência. Se era uma piada que tinha por objectivo fazer-nos rir, então, está de parabéns. Conseguiu. Eu é que ainda não consegui parar de rir.

1 comentário:

  1. mas o ar "angelical" com que diz...ainda é denunciador...

    ResponderEliminar