segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

A faixa já durou mais do que certos casamentos...


Calculo que o evento anunciado nesta faixa publicitária tenha sido um êxito. Pelo menos publicidade ao certame foi coisa que não faltou. O que, imagino, deve ter custado uma pipa de massa só em taxas. E, quase de certeza, muito mais em coimas aplicadas pelas autarquias por o reclame ao acontecimento, mais de um mês depois, ainda não ter sido removido. Sim, isto paga-se – também era o que mais faltava não se pagar – muito caro. Até porque, como se sabe, o espaço e o dinheiro público são dos contribuintes.  

5 comentários:

  1. São centenas, os casos semelhantes que encontramos ao longo do país.
    Quero convencer-me que em nenhum caso existirá ilegalidade.
    Ou estarei enganado?
    Boa semana, KK.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilegalidade?! Jamais... Quando muito existirá um relevante interesse público a isentar estas coisas de toda e qualquer taxa.

      Se não nos voltarmos por aqui a encontrar por estes dias, tenha um bom final de ano e um ainda melhor 2015!

      Eliminar
  2. Por aqui são às centenas e pior do que isso é "trampa do lixo das últimas campanhas eleitorais"!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas "macacadas" valem por quantos sacos de plástico?! Mas só esses que interessa taxar...

      Eliminar