domingo, 14 de fevereiro de 2010

Remate kruzado

Como tive ocasião de escrever neste post, se as arbitragens não fossem manifestamente tendenciosas, no sentido de prejudicar o clube de futebol do Porto e favorecer descaradamente o Benfica, a equipa das riscas seria todos os anos campeã nacional, com vinte cinco ou mais pontos de avanço, enquanto as águias andariam a amargar pelos últimos lugares da terceira divisão distrital de Lisboa.
O que se passou na jornada deste fim-de-semana vem inequivocamente dar-me razão. Os auto intitulados dragões – coisa que toda a gente sabe nem sequer existe, mas enfim cada um arranja as mascotes que quiser por mais parvas que sejam – foram claramente prejudicados pelo senhor do apito, no jogo em que empataram com o Leixões e onde confirmaram o modesto terceiro lugar que ocupam no presente campeonato. Que, recorde-se, só não estará em risco devido à época miserável com que outro clube também às riscas, no caso na horizontal, nos está a presentear.
Bruno Paixão, assim se chama o senhor que despudoradamente evitou que o Porto vencesse o jogo de ontem, cometeu uma série infindável de erros, sempre a favor da equipa de Matosinhos, com o evidente propósito de afastar os ainda campeões nacionais da luta pela renovação do título. Como muitíssimo bem salientaram, no final do encontro, o treinador adjunto Jesualdo Ferreira e o capitão Bruto “Cotovelo” Alves. Tendo este, inclusivamente, ido mais longe ao lamentar que este ano os árbitros não estejam a favorecer o Porto.
É, de facto, verdade. Bruno Paixão, em pelo menos duas ocasiões, praticamente isolado não rematou à baliza leixonense quando se encontrava em excelentes condições para desfeitear o guarda-redes adversário. Ainda pior do que isso foi, perto do final, não ter assinalado uma grande penalidade a favor do Porto a castigar um defesa da equipa da casa que não se desviou para o Micael (raio de nome!) passar, à semelhança do que fizera na jornada passada o árbitro do jogo com o Nacional da Madeira. Para culminar tão desastrada actuação o juiz da partida teve ainda a ousadia de terminar a contenda apenas oito minutos depois dos noventa. Como é evidente a coisa só devia acabar quando o Falcão marcasse mais um golo com a asa.
Por seu turno na Luz foi a roubalheira do costume. Mais um roubo de catedral, portanto. A arbitragem começou logo aos dez minutos por validar um golo obtido em claro fora de jogo e marcado com a mão após notória carga sobre o guarda-redes do Belenenses. Depois, em duas ocasiões, não expulsou os defesas centrais do Benfica por estes, noutros tantos remates da equipa forasteira, terem ostensivamente desviado a bola com os olhos quando esta se dirigia para a baliza e encarnada. Finalmente, de forma completamente anedótica e que revela bem a intenção de ajudar o clube da segunda circular a chegar ao título, expulsou o guarda-redes da equipa visitante por este, pasme-se, jogar a bola com a mão!
Não admira por isso que, segundo alegam alguns relatos, o árbitro tenha sido visto, na garagem do Estádio da Luz, a introduzir à socapa uma caixa de fruta na bagageira do carro. Nem que outros aleguem terem avistado o trio de arbitragem, resguardados no calor da noite, a beberricar um café com leite ou, segundo outras versões, a comer um chocolatinho. Mas isso são outros “quinhentinhos” que agora não vêm ao caso.
O Benfica está, toda a gente vê, a ser levado ao colo. Têm razão os adeptos portistas em se lamentarem dos árbitros, do sistema, da Liga, dos túneis e de tudo o mais que lhes vier à cabeça. A continuar assim o Porto dificilmente chegará ao segundo lugar.

9 comentários:

  1. Fizeste-me sorrir, em duplicado? pois é, pois é... dia dos namorados lol

    Adoro ver desporto, e hoje acho que o futebol não é desporto (longe vão os tempos em que torci pelo Benfica no velho Estádio dos Coqueiros em Luanda:)).
    Leio "os meandros podres" que envolve o futebol, tal como os que descreves e a meu ver claro que há imensa corrupção, muitos a encherem-se à custa de sei lá o quê e engraçado, os jogadores onde ficam no meio de tudo isto? A culpa é sempre da arbitragem, dos treinadores...mas pagos a peso de ouro não deveriam trabalhar um pouco mais? e é imensamente triste ver uma composição de um clube e só aparecem mais dúzia de portugueses e alguns feitos à pressa. Não tenho nada contra os estrangeiros porque os nossos também vão lá para fora, mas ponho sempre em dúvida "a capacidade de união", por exemplo numa selecção.

    Benfica, Porto e Sporting a guerra de sempre e sempre haverá diferenças camufladas ou não... e tenho tanto azar que já por diversas vezes apanhei os adeptos tresloucados em plena 2ª. Circular. Onde enquadrarias esta atitude? Apreeeeeeeeee:(

    A vida está má e o povo lá vai arranjando uns largos euros para ir ver o seu clube (o que acho bem) mas todos...têm mau perder!

    Enquanto uns ganham milhões outros lutaram por tostões e lamento que tenham acabado com o Estrela da Amadora, quanto mais não fosse para manter ocupado um maralhal das zonas envolventes.

    Bom domingo!

    ResponderEliminar
  2. Esta frase fantástica do Bruto alves diz tudo:
    "As arbitragens não têm favorecido nada, mas também temos de fazer melhor"
    É suposto as arbitragens não favorecerem ninguém, estão é mal habituados
    Tenham vergonha e joguem futebol dentro do campo.

    ResponderEliminar
  3. já se esqueceram do benfica setubal.quantos penaltil ficaram por marcar a favor do glorioso,o do di maria esse sim é escandaloso.na primeira jornada o benfica empatou com o maritimo em casa,o pessanha comessou a fazer antijogo aos 2 minutos.recordo os comentarios dos senhores do «polvo»AFINAL O JJ PARECE QUE NAO CONHESSE O CAMPEONATO PORTUGUES,CONTRA OS GRANDES AS EQUIPAS PEQUENAS DEFENDEM.SE,PS.triste é ver lagartos serrem mais papistas que o papa.CARREGA BENFICA.

    ResponderEliminar
  4. Hola este mensaje es para que des de alta tu blog en el nuevo directorio para blogs Blogspot Directorio , deja tu link en la siguiente dirección, http://blogspotdirectorio.blogspot.com
    Te agradecería si no borras este mensaje de tu blog ya que también tiene la función de enlace, desde ya un cordial saludo y apúrate da de alta tu blog.

    ResponderEliminar
  5. Achei piada ao facto de ter repetido o post.
    Como as imagens eram diferentes ainda pensei tratar-se de uma 2ª versão...
    Tá fixe!
    "Errar é humano" (herrar é umano!)
    MFCC

    ResponderEliminar
  6. Anónimo disse...

    O melhor disto é que eu desisti de ver e ouvir futebol.
    Fartei-me de ver as injustiças, fartei-me de sofrer pelo meu clube.
    Hoje só vejo se genhou, não quero saber de pormonores nem de "converas de comadres".
    Mas quero que ganhe que melhor jogar!
    O futebol já não é o que era, pode parecer 1 frase banal e repetitiva, mas a uns anos quando ainda se vivia "honestamente" dava gosto ouvir 1 relato de futebol, parecia que estava no estadio a ver o jogo...
    MFCC

    ResponderEliminar
  7. Fliscorno disse...

    Hmmmm, dois pontos de vista? :)
    1:20 PM

    ResponderEliminar
  8. É que nem tinha reparado que publiquei o post duas vezes...

    ResponderEliminar
  9. Só acontece a quem trabalha! Porque não trabalha, não faz nada, nem repete nada!
    MFCC

    ResponderEliminar