quarta-feira, 17 de abril de 2013

Comer sem pagar


Os agricultores são uns chatos. Reclamam de tudo. Da chuva e da falta dela, do calor, do vento, dos produtos espanhóis e, agora, dos impostos. Nomeadamente daqueles que não querem pagar. Acham-se, vá lá saber-se porquê, no direito de viver à margem do sistema fiscal e de não contribuir para o funcionamento do país.
Alegam que é ridículo passar uma factura quando vendem uma alface, uma couve ou um molho de coentros. Será. Mas, passando facturas ou não, terá de haver uma forma de colocar esta gente a pagar impostos sobre o rendimento, muito ou pouco, que obtêm com os seus negócios. E não havendo facturação parece-me que há-de ser difícil fazê-lo.
Enquanto isso vão exigindo mais subsídios para a sua actividade. Ou seja. Querem comer uma fatia cada vez maior de um bolo cada vez mais pequeno. E o pior é que não querem contribuir com farinha nenhuma para a sua confecção. Nem com qualquer outro ingrediente. Uns lambões, portanto.

2 comentários:

  1. Cá em casa há alguém que diz exatamente o mesmo :)

    ResponderEliminar
  2. Penso precisamente o mesmo!!!!

    ResponderEliminar