segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Cuidado com a bicha!


Desagrada-me a ideia de, apenas a sessenta quilómetros do meu poiso habitual, rastejar uma serpente de uma espécie manhosa como o caraças. Daquelas que, se nos apanham a jeito, nos podem limpar o sebo. A bicha, que terá viajado desde as Américas a bordo de um contentor, andará agora a vaguear por aí. Coisa que, presumo, estará a deixar preocupadas as associações de amiguinhos dos animais. Ainda algum malvado camponês - daqueles ignorantes que maltratam a bicharada só por que sim - é gajo para lhe dar dois tiros de caçadeira. Se falhar o primeiro só por muito azar falha o segundo...

10 comentários:

  1. Pode ser que ela emigre... :)

    ResponderEliminar
  2. Será que também é considerado crime??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase de certeza que sim. Isto qualquer dia não se pode matar uma mosca.

      Eliminar
  3. Por vezes a voz do povo é exagerada e na volta é inofensiva...mas meu amigo mais vale prevenir do que remediar e como tal todo o cuidado é pouco. Como ainda não li nem vi como é a "bicha" nada mais posso dizer:)

    Em Angola vivíamos paredes meia com elas e nunca por nunca cutucar o seu espaço:):):)

    Um bom dia...de chuvaaaaaaaaaa:(

    ResponderEliminar
  4. Diz que é uma cascavel...

    Chuva?! Por cá não caiu nem uma pinga.

    Obrigado!

    ResponderEliminar
  5. Alto lá! Não matem a "bicha", eliminem antes o desgoverno que nós temos!...
    Abraço
    Compadre Alentejano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se matarem a bicha o assunto fica arrumado. Se eliminarem o desgoverno a seguir vem outro igual...

      Eliminar
  6. Coloquem a cascavel numa pequena caixa e levem-na até à Gomes Teixeira. Depois soltem-na é claro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coitada da bicha! Ainda morria envenenada...

      Eliminar