domingo, 17 de agosto de 2014

Isto só lá vai com uma espécie de PREC...

Criar emprego é, nas doutas palavras de António Costa, a solução para o problema da segurança social e da sustentabilidade do sistema de pensões. Não sei se o senhor terá descoberto a solução sozinho mas, a julgar pelo discurso, essa deverá ser uma das bandeiras eleitorais do próximo primeiro ministro e, por ora, candidato a candidato pelo Partido Socialista.
A ideia é capaz de arrebatar alguns seguidores. Muitos mesmo, acredito. Seria, no entanto bom que o homem fosse adiantando como é que pretende concretizar tão miraculosa solução. Da qual, pasme-se, ainda ninguém se tinha lembrado.
Desconfio que o homem vai criar empregos por decreto. Coisa que alguns garantem não ser possível a menos que o patrão seja o Estado. O que não corresponde de todo à verdade. António Costa, quando chegar ao poleiro, pode sempre repristinar uma disposição legal qualquer do tempo do companheiro Vasco que estabelecia como competência dos sindicatos agrícolas determinar o número de trabalhadores que deviam laborar em cada herdade. É só uma questão de adaptar a lei às novas realidades. Por exemplo: Um sindicato chegava a um hipermercado e dizia que para aquilo funcionar em condições seriam necessários o triplo dos colaboradores. E o Belmiro, tal como os lavradores da época, não tinha outro remédio senão contratá-los. E assim sucessivamente em todos os outros sectores. Quem não quisesse? Fácil, nacionalizava-se a empresa. Num ápice todos os problemas do país ficam automaticamente resolvidos. 

6 comentários:

  1. E o que se está a fazer actualmente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizer que a segurança social só tem sustentabilidade com a criação de emprego, muito de preferência, é uma afirmação do mais verdadeiro que há. Assim como dizer que estar vivo é o contrário de estar morto. O pior é que a criação de emprego não está nas mãos deles...

      Eliminar
  2. Pois é, pois é...todos engoliram a mesma grafonola e esse de tal Costa deveria era pôr a mão na consciência pelo que fez, melhor dizendo pelo que não fez na Câmara de Lisboa.

    Deve ser o novo Aladino sem lâmpada!

    ResponderEliminar
  3. Gosta destas verdades La Palice.
    Já agora, e no espírito, criar emprego é a solução para o problema do ......desemprego.
    Porra, sou genial!
    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma tirada digna do Capitão Obvious!

      Eliminar